J. Hawilla recebe Prêmio Personalidade da Comunicação

J. Hawilla foi condecorado na noite de ontem com o troféu do Prêmio Personalidade da Comunicação 2.010. Essa cerimônia é uma das mais tradicionais do setor da comunicação, organizado pela Mega Brasil, do empresário e jornalista Eduardo Ribeiro. A solenidade contou com a participação do governador do Estado de São Paulo - Alberto Goldman e do prefeito Gilberto Kassab.
Natural de São José do Rio Preto, no interior paulista, J. Hawilla, que teve destacada participação no cenário esportivo brasileiro, com passagens pela Rede Globo, Rádio e TV Bandeirantes e Rede Record. Após períodos difíceis com o jornalismo, o empreendedorismo de J. Hawilla falou mais alto e sua aposta foi no marketing esportivo. Hoje a Traffic, empresa que comanda, é especializada em futebol (sua paixão), atuando nos mercados nacionais e internacionais, além do trabalho de preparação para jovens jogadores. No âmbito jornalístico, o empresário comanda a TV TEM, que é filiada à Rede Globo, presente em 318 municípios paulistas, a TV7 - produtora de vídeo, Rede BOM DIA - jornais diários distribuídos em São José do Rio Preto, Bauru, Jundiaí e Sorocaba, com a expressiva tiragem de 30 mil exemplares pela semana e aos domingos, 40 mil e sua empresa atualmente mais badalada, é o Diário de S. Paulo, comprado em 2.009.
Governador Alberto Goldman, durante a solenidade (Foto de Gilberto Marques)O homenageado da noite J. Hawilla e Goldman (Foto de Gilberto Marques)
Eu na cobertura de mais um evento importante

Linha 4 é inaugurada hoje, sem condutor e com internet sem fio

Foi inaugurada hoje parte da Linha 4 - Amarela do Metrô paulistano, que ligará a região central até a zona sul. Porém, apenas as estações Paulista e Faria Lima estarão funcionando nessa fase de testes durante as próximas semanas, nos horários de 9h até 15h, sem a cobrança tarifária (R$2,65). Os novos trens possuem internet sem fio e não precisam de condutores e de acordo com a direção do Metrô, a espera será de apenas 75 segundos. Os vagões ainda disponibilizam som ambiente, ar-condicionado e todos são equipados com câmeras. Segundo a Secretaria dos Transportes Metropolitanos, as outras 11 estações devem estar prontas até 2.012 e as próximas serão Pinheiros e Butantã em novembro desse ano. Para abril de 2.011 é a vez da Luz e República e para 2.012 - Oscar Freire, Fradique Coutinho, Morumbi e Vila Sônia. A foto é de Paulo Lisbert da Agência Estado.

Bar do Alemão de São Paulo

Oriundo de Itu, no interior de São Paulo, o Bar do Alemão está em São Paulo, desde 2.008, trazendo grandes sucessos, entre eles o filé à parmegiana, que não é da culinária alemã e que serve até cinco pessoas e acompanha arroz. O prato é suculento, farto e caprichado, já que os filés muito bem temperados, com um belo molho de tomate e a mistura dos queijos prato e parmesão, fazem o sucesso da casa. Cervejas como Devassa, Baden Baden, Eisenbahn entre outras, mas o refrigerante Itubaína, existente desde 1.954 também agrada muitos. Visite o site www.bardoalemaosp.com.br
Avenida Juriti, 651, Moema, São Paulo, SP, Tel. (11) 5052-8333.

Oscar Café

Na charmosa e badalada Rua Oscar Freire, em São Paulo, o Oscar Café é uma parada obrigatória após as gostosas compras na via mais elegante da cidade. O espaço dividido em bistrô e empório serve um belo almoço, com música agradável e atendimento especial. O Bourbon Collection já é um dos cafés mais aclamados na cidade. O Empório é uma área mais intimista, ideal para o romantismo e que além da boa gastronomia, pode-se encontrar alguns mimos, livros e vinhos para presentearmos. Além do famoso café, serve pratos nobres e modernos, além de sanduíches e belas sobremesas. Visite o site www.oscarcafe.com.br.
Rua Oscar Freire, 727, Jardins, São Paulo, SP, Tel. (11) 3063-5209.

Revitalização da Nova Luz começa em 17 de junho

17 de junho é a data inicial para os trabalhos envolvendo a revitalização da "Cracolândia" - região degradada do Centro de São Paulo, batizada de "Nova Luz", em que o prefeito Gilberto Kassab irá assinar a ordem de serviço, de acordo com o Ministério Municipal do Desenvolvimento Urbano. Quatro empresas terão 10 meses para colocar em prática o projeto de obras, sendo elas: Fundação Getúlio Vargas (FGV), Companhia City, Aecom e Concremat. O plano prevê desapropriações que preservariam o patrimônio histórico, além da construção de moradias populares. A construtora Aecom que está nessa empreitada, tem experiência na área de revitalização, atuando com sucesso na área portuária de São Francisco, nos Estados Unidos e também em Manchester, na Inglaterra.
Realmente a região da chamada Nova Luz não anda bem. Viciados em crack, consomem a droga durante todo o dia, e problemas como assaltos e prostituição também são comuns na área. É necessário prender os traficantes que atuam na Cracolândia e fazer um trabalho de reintegração a sociedade com os usuários de crack. A foto é André Lessa, da Agência Estado.

APAS 2.010

A APAS 2.010, que se iniciou ontem no Expo Center Norte, em São Paulo, chega a sua edição de número 26, com o tema "Diversidade: o mundo novo do novo consumidor" e de acordo com seu presidente João Sanzovo Neto, o evento desse ano baterá recorde de público. A expectativa da organização é que 80 mil pessoas visitem a feira e seus stands até a próxima quinta-feira (13), entre profissionais do setor supermercadista, empresarial, convidados e imprensa. "O novo consumidor adquiriu novos hábitos de compras, está mais amadurecido, exigente, prático e é bombardeado diariamente pelas múltiplas opções de compra. Precisamos adaptar nossos negócios a essa nova realidade", afirmou o presidente. "É o maior encontro mundial da cadeia de abastecimento, quando consideramos o público que circula pelo evento. É um momento oportuno para atualização e relacionamento com os atuais e a identificação dos futuros fornecedores da rede", ressaltou Sanzovo. Grandes empresas estão na Apas desse ano, como Unilever, Ambev, Coca-Cola, Disney, Schincariol, BIC, Safra, Ford, Renault, Fiat, Volkswagen, Salton entre outras. Nomes impostantes do cenário político, como José Serra, candidato do PSDB à presidência esteve na solenidade de abertura e lideranças como Alencar Burti, presidente da Associação Comercial de São Paulo também estiveram presentes.

Credencial para APAS 2.010João Sanzovo Neto, presidente da APASAlguns stands como o da Coca-ColaFerrari fazendo sucesso no stand da Cervejaria PetrópolisJosé Serra, candidato a presidente da República pelo PSDB, aproveitou para tomar um café no stand da Selmi O ex-prefeito e ex-governador de São Paulo, José Serra no primeiro dia da APAS 2.010Serra tirando muitas fotos

Linha 7 – Rubi receberá novos trens no fim de 2.010

A Linha 7 – Rubi que liga a Estação da Luz aos municípios de Francisco Morato e Jundiaí, receberá de acordo com a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) até o fim de 2.010, novos trens, que estão em fase de construção. No início de abril a linha recebeu o primeiro trem das 20 composições que devem ser entregues até dezembro e essa modernização não se limitará apenas a Francisco Morato e chegará também em Jundiaí, no interior. O investimento é alto, em torno de R$1,170 bilhão, e inclui também 20 novos trens para a Linha 12 – Safira (Brás – Calmon Viana). Esses novos trens são equipados com ar-condicionado, assentos confortáveis e total acessibilidade para deficientes físicos, com espaços apropriados para acomodar cadeiras de rodas e sistema de informação audiovisual, além de toda a modernização das estações. Os novos trens serão mais modernos que o Expresso Leste que funciona atualmente em outras regiões da Grande São Paulo. O sistema de sinalização também diminuirá o intervalo entre cada trem e a previsão da CPTM é que a Linha 7 tenha intervalo em torno de quatro minutos. Uma das novidades também é a chegada da Estação Vila Aurora, entre Jaraguá e Perus e que junto com as paradas de Franco da Rocha e Francisco Morato, terão dispositivos para facilitar a locomoção dos passageiros especiais como elevador, piso tátil, rampas e banheiros adaptados. A mobilidade e a rapidez nos deslocamentos dos passageiros também serão favorecidas com a possibilidade de acesso, na Estação da Luz, à nova Linha 4 – Amarela do Metrô. A Rubi será integrada, ainda, com outras duas futuras linhas do Metrô: a Linha 6 – Laranja (Brasilândia – São Joaquim) e a Linha 16 – Prata (Cachoeirinha – Lapa), que serão operadas por Metrô leve.

Palavra do presidente:


“Até o fim desse ano, 107 novos trens devem ser entregues, sendo 60 para a CPTM e 47 para o Metrô, sendo que antigos trens serão reformados (34) e 28 novas estações serão entregues. Os mais de 60 quilômetros em trilhos de São Paulo passarão em breve para 240 e o tempo de viagem diminuirá em média 25%”, garante Sérgio Avelleda, presidente da CPTM.
Trem moderno que circula em Osasco e chegará em breve na Linha 7 - RubiLado a lado, o trem antigo da CPTM (esquerda) e o novo (direita)

Cencosud investirá US$700 milhões na América Latina em 2.010

A Cencosud, maior varejista do Chile e uma das maiores do mundo, promete investir na América Latina, algo em torno de US$700 milhões na América Latina. No Brasil, a rede foi a compradora da famosa GBarbosa do Nordeste e nos últimos dias adquiriu a Perini, originária da Bahia. A rede controla unidades na Argentina, Colômbia e Peru e em seu país de origem, é proprietária dos supermercados Santa Isabel e Jumbo, das lojas de produtos para o lar Easy e detém a Paris, grande rede de lojas de departamento.

Renner aposta em lojas compactas e de rua

A Renner, famosa rede de departamento tem como meta a abertura de 80 a 100 unidades no período de cinco anos. Segundo a direção da empresa, a rede pretende atingir cidades com no máximo 200 mil habitantes, diferentemente da atualidade, em que a maioria das lojas estão em municípios com população estimada quase em meio milhão de pessoas. Outra novidade é que a Renner tende a investir em lojas de rua, como já fez na Avenida Paulista, região central de São Paulo, inaugurando recentemente uma bela loja.

Linha 4 - Amarela será a mais moderna do Metrô em São Paulo

A Linha 4 - Amarela, ainda sem data de funcionamento, será a mais moderna de todas as linhas do Metrô paulistano, contendo plataforma de embarque com porta de vidro, evitando acidentes (existente na estação Sacomã da Linha 2), trens sem condutores e esteira rolante para transporte de passageiros entre as estações Paulista e Consolação. Os novos vagões são fabricados na Coréia do Sul, pela Hyundai-Rotem e as composições vem equipadas com ar-condicionado, internet sem fio (wireless), música ambiente e o controle do trem administrado pelo Metrô, já que não há condutor. Uma das novidades é o fim da barreira de vagão para vagão, pois nesse novo trem, os passageiros vão poder atravessar do primeiro ao último trem.