Peça - Conexão Marilyn Monroe

Conexão Marilyn Monroe, estreiará em 05 de julho, no Teatro Gazeta, em São Paulo, escrita por Alexandre Reinecke.

"Escrevi essa comédia enquanto ainda atuava em Trair e Coçar, é só Começar; E lá se vão Vinte Anos. Apesar desse tempo todo, o texto continua muito atual e resolvi montá-lo dois anos atrás, depois de uma leitura que fizemos no MASP, no Projeto Letras em Cena", afirma o autor e diretor que já teve outros textos encenados, como Pensando em Ti (1.992), que ficou em cartaz somente em Campinas, sua cidade natal; Alquimistas Graças a Deus (1.992) e Aqui se Paga, Aqui se Faz (1.999).

Reinecke afirma que é: "Uma comédia divertida, contemporânea e brasileira! Uma homenagem aos clássicos da comédia mundial, com ingredientes dos mais variados gêneros como vaudeville, besteirol, comédias policiais e absurdas terminando com uma grande homenagem ao mestre dos comediógrafos, Molière, que com suas peças fazia grande sucesso, criticando as elites dominantes de sua época".

Os personagens são: Paulo Ivo (Doutor Pacheco) - é um senador da República, homossexual discreto e atua com tráfico de drogas e contrabando; 

Romis Ferreira (Otávio) é uma pessoa simples e atrapalhada e está no mundo do crime por força da situação;

Alexandre Barros (Paulo) é bonito, porém grosseiro. Braço direito de Pacheco nas ações criminosas; 

Thiago Adorno (Ricardinho) é o namorado de Pacheco, sendo um gay desbocado e espalhafatoso; 

Maximiliana Reis (Silvia) é mulher de Paulo e muito amiga de Pacheco. A mesma esconde um segredo em sua vida; 

Riba Carlovich (Dom Pepino) é um criminoso de sucesso, mas se vê ameaçado por Pacheco e promete vingança.

Toda sexta-feira a peça começa 21 horas, sábados (22h) e domingos (20h). Os preços variam entre R$50 e R$60, e o Teatro Gazeta, fica na Avenida Paulista, 900. 
Foto: Divulgação

Comentários