Personalidade Câmara Árabe 2.013

A Câmara de Comércio Árabe-Brasileira - promoveu na última segunda-feira (25), no Esporte Clube Sírio, em São Paulo - um magnífico jantar em homenagem a Personalidade Câmara Árabe 2.013, no caso, o vice-presidente do Brasil, Michel Temer (PMDB).

Além de Temer, muitas autoridades por lá estiveram, como o presidente da FIESP, Paulo Skaf, o ex-prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (PSD), além de deputados e chefes de estados.

"O Brasil é o país que concentra a maior comunidade de imigrantes do Líbano, de onde veio a família de Temer. O Líbano também foi uma das primeiras nações árabes visitadas pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em 2003, no início do processo de aproximação do Brasil com o Oriente Médio, que se estendeu por todo o seu governo", ressalta a direção da Câmara. 

Em seu discurso Temer que afirmou não falar o árabe, mas possui bom entendimento do idioma, especialmente quando está ao redor de familiares, ressaltou o trabalho e a seriedade dos descendentes de árabes no Brasil. 

Natural de Tatuí, no interior de São Paulo, Temer se tornou um político respeitado, presidindo um dos maiores partidos do país, o PMDB, além da vice-presidência da nação.

Temer contou curiosidades dos últimos anos, como as conversas informais com o presidente libanês, Michel Suleiman, em que o mesmo afirmava que Temer tinha que presidir mais de 7 milhões de descendentes de libaneses no Brasil, enquanto no Líbano há 5 milhões de habitantes, mostrando a grandeza de nosso país, além da importância dos libaneses e outros povos do Oriente Médio, para o desenvolvimento do Brasil. 

A Câmara de Comércio Árabe-Brasileira representa 22 países, aproximando comercialmente o Brasil com essas nações, desde 1.952. 

Personalidade Câmara Árabe 2.013
Michel Temer, o homenageado da noite
Gilberto Kassab
Paulo Skaf
Belo jantar
Um pouco de árabe
Salão magnífico
Michel Temer, o grande nome da noite

Comentários