Ermenegildo Zegna passa por nova fase

A grife clássica italiana Ermenegildo Zegna está se transformando a cada dia e boa parte de seu sucesso atual, se deve a comercialização de acessórios, além do aumento de vendas em territórios emergentes.

Há uma década atrás, ternos, camisas e gravatas - representavam 70% das vendas gerais da marca, sendo que atualmente - esse número baixou para 40%.

A China, desbancou os Estados Unidos e é hoje o principal mercado de consumo da Zegna. Brasil, México, Rússia e África do Sul - são vistos com muito "carinho" para a grife expandir seus negócios.

Com 500 pontos de vendas, sendo 100 na China, se somarmos toda a Ásia, a grife terá metade de seu faturamento, oriundo dessa região.

No Brasil, as lojas estão em grandes cidades, como São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília e Curitiba, mas de acordo com Gildo Zegna, presidente do grupo e neto do fundador, as taxas de importações e os tributos, impedem a empresa de crescer mais rápido em nosso país. 

Comentários