Almoço-Debate com Carlos Lupi

O Hyatt foi novamente palco na tarde de ontem, da série Almoço-Debate, do Grupo de Líderes Empresariais (LIDE) - comandado por João Doria Jr.

O participante dessa edição foi o ministro do Trabalho e Emprego, Carlos Lupi, homem forte do Partido Democrático Trabalhista (PDT).

Lupi discursou sobre as dificuldades encontradas em sua vida, como o fato de nunca ter estudado no método particular e afirmou que o Brasil está crescendo de forma espetacular.

Segundo ele, as regiões Norte e Nordeste, que são as mais pobres do Brasil, irão crescer mais que o resto do país. Se a média nacional em 2.011 será de 3,5%, nessas outras duas partes de nosso território, o crescimento será de 6%.

Lupi afirmou que existe hoje no país, um excesso de impostos, que atinge não só o empresariado, quanto o trabalhador, e crê que o Legislativo adote alguma mudança para esse quadro negativo do Brasil, que acarreta até na baixa contratação de profissionais, já que o custo é elevado para a organização.

O ministro rasgou elogios para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que gerou mais de 50% dos empregos formais na história do país e também a atual líder brasileira, Dilma Rousseff (PT) - que segundo o mesmo, governa com maestria.

O evento contou com o tradicional coquetel e café da Nestlé e um belo almoço, com ragout de pupunha e queijo de cabra ao coulis cítrico de passas brancas e aspargos grelhado, paillard de filé ao vinho tinto com risone de queijos e aspargos verdes - e de sobremesa, o famoso petit gateau, com serviço do chef Rui Gomes.

Como sempre o Almoço-Debate foi muito prestigiado
O café da Nestlé sempre presente
O ministro Carlos Lupi na coletiva de imprensa

Comentários