Família Jafet comemora 130 anos no Brasil

E um dos nomes mais importantes de São Paulo, a família Jafet, responsável pelo desenvolvimento do Ipiranga, tradicional bairro da zona sul e muito próximo da zona leste e Centro, está completando 130 anos de Brasil.

Neste sábado (07), os descendentes desta importante família de origem libanesa comemoram 13 décadas de empreendedorismo, solidariedade e visão comercial. Foram eles, que abriram a primeira loja de origem libanesa, na Rua 25 de Março, Centro de São Paulo, fundada por Benjamin Jafet, após 03 anos de chegada em território brasileiro, em 1.887.

Seu irmão Basílio e depois Nami, o mais velho dos seis irmãos, expandiram e abriram uma loja ainda maior na própria 25 de Março, a Nami Jafet Irmãos, que contou também com o outro irmão, João. 

Miguel, mais um irmão Jafet, veio para o Brasil, mas não se adaptou com o clima, voltando para o Líbano e tendo uma carreira bem sucedida como secretário do Consulado da Rússia na capital Beirute.

Em 1.907, os irmãos fundaram a fábrica de tecidos Fiação, Tecelagem e Estamparia Ypiranga Jafet, contribuindo totalmente para o crescimento do bairro do Ipiranga, construindo 320 residências para os familiares dos trabalhadores, além de 22 casarões e palacetes, residências que abrigavam os familiares Jafet, especialmente os de Basílio, existentes atualmente na famosa Rua Bom Pastor.

Os seis palacetes que sobraram, são tombados pelo Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental de São Paulo e diferentemente de muitos imigrantes que progrediram em São Paulo e construíam mansões nas regiões da Avenida Paulista e Pacaembu, a família Jafet se abrigou no Ipiranga, região de suas fábricas.

A família Jafet também contribuiu com o crescimento de regiões na Grande São Paulo, como a cidade de Mogi das Cruzes, e a chegada da Mineração Geral do Brasil. 

Já Adma Jafet, mulher de Basílio, em 1.921 com o apoio de amigas da colônia árabe, fundou a Sociedade Beneficente de Senhoras do Hospital Sírio-Libanês, mantenedora do importante Hospital Sírio-Libanês. 

Na parte cultural e esportiva, a família também se destaca, com apoio e incentivo a três grandes clubes da cidade: Esporte Clube Sírio, Clube Atlético Monte Líbano e Clube Ypiranga. 

A Liga das Senhoras Ortodoxas, a Catedral Metropolitana Ortodoxa, a Igreja Ortodoxa Antioquina do Brasil, a Associação Cedro do Líbano de Proteção à Infância, a Câmara de Comércio Sírio-Libanesa (atual Câmara de Comércio Árabe-Brasileira) e outras entidades, além de ações culturais, também são de muito mérito desta família extremamente importante para a capital paulista. 

Adma Jafet (Fotos: Acervo da família Jafet / Acerto do Centro de Memória do Hospital Sírio-Libanês / Cibele Mathias / Gladys Russo)

Comentários