Clima tem influenciado preço do feijão

E o feijão, esse alimento saudável e tão importante na mesa do brasileiro, está sofrendo com o clima e seu preço não para de subir.

O feijão carioca sofreu alta de 2,41% em maio e os valores devem aumentar para o restante do ano, de acordo com o Índice de Preços dos Supermercados (IPS/APAS) - sendo a alta de maio - de 3,60%.

De acordo com Rodrigo Mariano, gerente de economia e pesquisa da APAS, o aumento se deve ao clima, que afeta a produção, além da qualidade inferior do grão. 

Segundo o executivo o feijão não deve chegar a custar R$15 o pacote de um quilo, que ocorreu há pouco tempo atrás. "Agora o cenário é diferente, pois em 2016 tivemos o agravamento de uma estiagem prolongada no momento do plantio e chuvas em excesso no momento de colheita, o que prejudicou muito a cultura do feijão", finaliza Mariano. 

Comentários