Estado de São Paulo deve ganhar dois aeroportos privados

Até 2.014, data da Copa do Mundo de Futebol, que acontecerá no Brasil, São Paulo, deve ganhar dois aeroportos privados. 

Atualmente, o Brasil possui a segunda maior frota de aviões particulares, atrás apenas dos Estados Unidos. A frota que mais cresce, é a de jatinhos, com preços iniciais de US$2 milhões.

Com esse crescimento, dois problemas surgiram. Ausência de hangares para estacionamentos e falta de horário para os pousos e decolagens nos aeroportos.

O mais famoso aeroporto de São Paulo, para jatos particulares, o Campo de Marte, na zona norte da cidade, já está saturado e por isso novos projetos devem surgir pela Grande São Paulo e também no interior.

A JHSF, famosa construtora, irá apresentar na feira Labace, que acontecerá semana que vem em São Paulo, um projeto de aeroporto de luxo, com investimentos de R$700 milhões.

Esse projeto deverá ser em São Roque, entre Itapevi e Sorocaba, com pista de 2 mil e 800 metros, e segundo a direção da empresa, o mesmo será inaugurado antes da Copa.

Há outras empresas que devem construir aeroportos também próximos de São Paulo, em Sorocaba e Embu-Guaçu, nos próximos anos.